segunda-feira, janeiro 16, 2006

Sol

"Lá está ele outra vez a brilhar.
Sempre a brilhar.
Não falha.
Brilha dia após dia, após dia. É absoluto, é abnegado; é-lhe natural, brilhar. E é o que faz - brilha por aí. Pois é. O Sol brilha. É o maior, e não nega a luz a ninguém. E à noite? Ainda é mais fixe, abdicando do seu trono para deixar brilhar a Lua. É estadista e diplomata, o Sol.
É tão bom, o Sol!
Não pede nada em troca.
Nem vassalagem, nem sequer obediência...

...mas afinal quem é que gira à volta de quem?


É um pedante, é o que ele é. Um falso mecenas, sempre a atirar-me com a merda da luz à cara, como se eu lhe tivesse pedido. Como se eu precisasse dele. Eu não preciso de nada, nem de ninguém. Nem sequer da tua caridade, Ó SOL."

13 comentários:

guevara disse...

Está Sol e tens que estudar, ja vi!

E ele fazia falta aqui... que chove sempre e eu quero é passear!

Cada um tem o que merece?

amie disse...

perdoa-lhe ó sol porque não sabe o que diz!

izzolda disse...

Então que se esconda o sol aí no teu cantinho e apareça ao resto do pessoal, que nós não nos importamos!

pi disse...

à noite ve se um brilho, mas n se sabe a quem pertence

noasfalto disse...

Acho que deve ser mais ao contrário! O Sol é que não precisa de nós para nada, segue a sua vidinha sem nos ligar puto (e ainda bem senão estavmos todos queimados). :)

Abraço

moonj_Rita disse...

Eu amo o sol.

moonj_Rita disse...

É que sem exageros: amo mesmo um belo dia de sol.

ivan (aka bandinho) disse...

é mandar foder.



certo??

Miguel disse...

Gosto muito do sol.À noite nem por isso... dispenso-o!

Zeak disse...

Pois é, mas vossês não sabem uma coisa.
De dia o Sol é um macho latino sempre ao encalce das cochas gordinhas para se aquecer nelas.
Á noite então transforma-se numa bicha crua e cruel.
É um transformista é o que é.
Bem vou pregar para outra freguesia que se faz tarde.
À já me esquecia de te dizer que este post foi para o Plagiadíssimo e que ilustrei as tuas letras.
Pssa por lá e vê se gostas.
Fica bem e tem cuidado com os SOIS.

Brazilian disse...

entao?

cbs disse...

Mil mundos perdidos
Mil sóis ardidos
Flutuando na vastidão
de um Cosmo em expansão
(Ronaldo Faria Lima)

Ernest, Sundance Kid,
precisas de Sol rapaz...
ilumina o espirito, prós exames.
A noite apaga-te as ideias ;)

cbs disse...

Em branco, acho compreensível, não ir lá é que me custa.
Mas eu, só votaria em branco se não houvesse hipótese nenhuma, isto é, quando o candidato é só um.

PS: ou, em candidatos que não aceitam o sistema; realmente não me vejo a escolher entre Jerónimo e Louçã