segunda-feira, outubro 03, 2005

Haja decência...

Alberto João Jardim envergonha-me. Faz-me ponderar quanto à minha nacionalidade; por momentos, dá-me vontade de não ser Português.

Recentemente, a única coisa que a Madeira "exporta" para o Continente são mimos pouco elegantes, como "pontapés no traseiro", brindes que João Jardim destina aos mais variados políticos e jornalistas, esses "filhos da puta".


Em Português claro, naquele dialecto madeirense que Alberto domina:
Vai para a puta da tua ilha.



P.S.:
Na realidade não posso confinar Al berto, esse poeta, ao seu pequeno reino autista. Neste mundo de fantasia, posso somente mandá-lo para a minha ilha, fazer companhia à Laurinda Alves.Juntos podem editar uma revista contra o Continente, com um design gráfico bem apetitoso e colaborações de Daniel Sampaio, famoso psicólogo madeirense.

6 comentários:

moonj_Rita disse...

É realmente vergonhoso ter um representante político tão mal-educado, tão rude, baixo nível, ditador e ordinário como ele. Eu gostava de o conhecer...para lhe poder bater! ;) Bem, fica mesmo mal aos Madeirenses e ao país em geral ser tão mal representado. É por esses e por outros iguais a esses que o português tem uma imagem tão rasquinha no estrangeiro. E nós até somos bons, muito bons.
Olha, por acaso recebes-te os meus últimos e-mails das fotos de 5 terre????

amie disse...

cá a mim dá-me vontade de rir!cada reportagem é um mimo!:D
meninos, aligeirem esse humor!:)

noasfalto disse...

Tem que dar independência à Madeira, soltar a corda e deixar-los ir pra tua ilha! Todos juntos, Alberto+madeirenses que votam nele.

Funes, o memorioso disse...

Caro noasfalto,

Os madeirenses que votam no Jardim não são tolos. Afinal, com a governação Jardim a Madeira passou da região mais atrasada do país para uma das mais desenvolvidas.
Tolos somos nós que aturamos os desmandos do figurão.

Ernesto disse...

recebi os e-mails rita... mas não tenho fotos de cinque terre para te mandar! as fotos da minha incursão por terras italianas (qual goethe) não estão nas minhas mãos. em breve, talvez...


Tenho de dar razão a todos; os madeirenses elegeram-no e têm a sua quota de responsabilidade por criarem tal monstro político, noasfalto; mas concordo com o funes, no sentido de apreciar o desenvolvimento da região; às vezes dá efectivamente vontade de lhe bater, rita (como quando escrevi este post)
mas no fundo quem tem razão é a Amie: só resta rir.



João jardim assume uma posição já usada por Pinto da Costa, estimulando ódios "aos grandes";
Voltando costas ao mundo... orgulhosamente sós!

aparentemente, resulta... mas o Presidente da república, que por acaso tb é presidente da Madeira enquanto governo regional, não devia deixar impune as bacoradas desse senhor.
penso eu de que.

guevara disse...

"deixa passar esta linda brincadeira..."